terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Proto-aranhas produziam fios mas não faziam teias


Hoje (23/12/08) foi comentado na Nature (clique aqui) que um fóssil de uma proto-aranha (Attercopus fimbriunguis), encontrada em pedreiras em New York. A estimativa do fóssil é de 386 milhões de anos. A ordem, já extinta, é Uraraneida. Foi identificado um flagelo (pequeno, indicando uma cauda, diferentemente dos escorpiões que possuem grandes) e espigotos, para a produção de fios de seda. O fóssil já era conhecido desde a década de 90, mas só agora com novos achados, pode se "reconstituir o comportamento" do animal.
O artigo com a descrição foi publicado no PNAS:Selden, P. A. , Shear, W. A. & Sutton, M. D. Proc. Natl Acad. Sci USA 105, 20781–20785 (2008).
O PNAS é acessível pelo site da CAPES nas instituições credenciadas.

Nenhum comentário: