quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Normas para os pôsteres do XXVII EAE


NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PÔSTER

XVII ENCONTRO ANUAL DE ETOLOGIA

I SIMPÓSIO LATINO-AMERICANO DE ETOLOGIA

12 a 15 de Novembro de 2009

Bonito – Mato Grosso do Sul – Brasil

Orientações Gerais

O texto pode ser escrito em português, espanhol ou inglês. Não há fonte padrão, mas a escolha deve ser norteada pela simples e clara legibilidade. Gêneros e espécies devem ser grafados obrigatoriamente em itálico.

Dimensões máximas do pôster: 1,20m (altura) x 0,90m (largura).

No pôster deverá constar (conforme modelo)

1. Título do trabalho

É obrigatório que o título do pôster seja idêntico ao título do resumo submetido ao evento. O título deve vir centralizado, tamanho de fonte entre 40 e 50, em negrito e em CAIXA ALTA.

2. Nome dos pesquisadores e instituições

Dois espaços abaixo do título do trabalho, os nomes dos autores devem ser escritos em fonte 40, com chamadas de número elevado (notas de rodapé), ordenadas. O nome do autor que apresentar o trabalho deve vir seguido de asterisco. Deve constar também o e-mail do autor responsável pelo trabalho.

As chamadas devem vir abaixo do nome, referenciando a instituição do pesquisador, em fonte 32, juntamente com a cidade e o estado.

3. Dados da Pesquisa

O tamanho da fonte deve permitir a leitura pelo público entre 1 e 2 metros a dois metros de distância. Se houver subtítulos, estes devem estar em CAIXA ALTA.

O conteúdo de um pôster convém ser uma apresentação original, visualmente atraente, gráficos, tabelas, fotografias, cuidadosamente integrados com uma pequena porção de texto.

Pela perspectiva da audiência, uma sessão de pôster é um evento muito denso de atividades, na qual terá de circular, ver dezenas de trabalhos, perguntar e ver com o que os colegas têm trabalhado. Sendo assim, não custa lembrar que o pôster não é um manuscrito pendurado na parede. Sua platéia terá numerosas outras pesquisas para ver. Tente ser sucinto e atraente. Seja conciso. Use uma organização simples e lógica para dispor os assuntos, como se fosse uma matéria de revista de divulgação. Comece com uma breve Introdução ao assunto, seguida de Material e Métodos, Resultados, finalizando com o tópico Discussão ou Conclusões, que podem estar unidos. Referências Bibliográficas são dispensáveis.

Prof. José Sabino

Coordenador do XXVII Encontro Anual de Etologia

I Simpósio Latino-Americano de Etologia

Referência: McMILLAN, V.E. 2001. Writing Papers in the Biological Sciences. 3rd Edition. Bedford/St. Martin’s, Arlington Street, Boston 207p.

Nenhum comentário: